Presidente da FEI quer novas eleições na CBH e oferece assistência

Posted on

Incomodado com a novela jurídica em que se transformou a disputa pelo comando da CBH (Confederação Brasileira de Hipismo), o presidente da FEI (Federação Equestre Inernacional), belga Ingmar de Vos, manifestou sua defesa por novas eleições na entidade e comunicou estar empenhado na busca por um desfecho para o impasse.

“Para que haja uma solução satisfatória para este conflito, eu, pessoalmente, gostaria de oferecer a assistência da FEI para colocar um fim a isto”, informa em carta enviada aos dois cabeças de chapa que reinvindicam o direito de liderar a CBH: Bárbara Elizabeth Laffranchi e o situacionista Francisco José Mari, o Kiko.

“Neste assunto, eu acredito que a mais justa, respeitável e apreciada solução para a sua comunidade seria a celebração de uma nova eleição dentro dos próximos três meses, o que permitiria a todos da CBH com direito de voto expressar livre e democraticamente a sua vontade. Meu time ficará satisfeito em assistir vocês em todo o processo de novas eleições e o observará com imparcialidade”.

Suspensão?

Em outro trecho, Ingmar de Vos diz entender que “o que vem ocorrendo está abalando a reputação do esporte equestre em nível mundial, assim como na própria CBH”.

E vai além: “Se uma solução satisfatória não for encontrada logo a FEI não terá outra opção que não seja a de buscar ações, inclusive a possível suspensão da CBH até que a questão seja efetivamente resolvida”.

O BLOG vai acompanhar, nas próximas horas, os desdobramentos da carta e suas repercussões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *